Nome:Caroline de Oliveira Saad Gattaz
Posição: Meio-de-rede
Altura: 1,92 (27/07/1981)
Clube:Monte Schiavo Banca Marche Jesi - ITA
Número: #5
Equipes em que jogou: Automóvel clube,Sao Caetano EC ,Rexona e Finasa
Cor favorita: Azul, branco
Cabelos: Castanhos
Olhos: Castanhos
Tipo de música preferida: Sertaneja
Bicho de estimação: Snow,um cachorrinho Lhasa apso
Time do Coração : São Paulo Futebol Clube
Livro: O segredo
Filme:comedias românticas
Ator:Tony Ramos
Atriz:Glória Pires
Outro esporte:Futebol
Ídolo no esporte:Ayrton Sena
Comida predileta:Churrasco
Um lugar:Fazenda lagoinha
Mania:Não tem
Passatempo:Navegar na internet




Histórico:

- 28/09/2008 a 04/10/2008
- 13/07/2008 a 19/07/2008
- 08/06/2008 a 14/06/2008
- 11/05/2008 a 17/05/2008
- 27/04/2008 a 03/05/2008
- 20/04/2008 a 26/04/2008
- 13/04/2008 a 19/04/2008
- 06/04/2008 a 12/04/2008
- 30/03/2008 a 05/04/2008



Outros sites:

- Site Oficial Jesi
- Site legavolleyfemminile
- Blog oficial da Camila Brait
- Comunidade Oficial do BLOG



Contador:

Código html:
Luciana Cristina



 

Rexona/Ades derrota Finasa/Osasco

 


Finasa/Osasco e Rexona/Ades fizeram um jogo emocionante na noite desta terça-feira pela quarta rodada do Salonpas Cup 2008 no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo. No confronto entre os dois tricampeões do torneio, quem levou a melhor foi o time do Rio de Janeiro, que fez 3 sets a 0, com parciais de25/23, 26/24 e 25/18 em 1h24 de jogo. Com três vitórias na competição, o Rexona/Ades já está classificado para as semifinais e agora luta para passar em primeiro lugar no grupo.

O Salonpas Cup 2008 segue nesta quarta-feira com mais uma rodada da fase classificatória. O Finasa/Osasco busca a reabilitação diante do Scavolini Pesaro, às 20 horas. Na preliminar, às 18 horas, o Pinheiros/Mackenzie enfrenta o Kinder Voleibol. O Salonpas Cup tem transmissão ao vivo pela Band Sports, enquanto a TV Bandeirantes também mostrará a final ao vivo.

O confronto entre Rexona/Ades e Finasa/Osasco começou bastante equilibrado. No primeiro set, com menos erros e melhor no bloqueio, o time do Rio manteve-se sempre à frente, fechando em 25/23. No segundo, a equipe de Osasco começou melhor, chegando a abrir uma vantagem considerável de sete pontos (18/11), mas aos poucos deixou o adversário encostar e fechar a parcial em 26/24. Já no terceiro set, o Rexona manteve o controle do jogo e abriu grande vantagem, terminando em 25/18.

O técnico do Rexona/Ades, Hélio Griner, destacou o bom desempenho de sua equipe. "É sempre bom vencer o Finasa, ainda mais depois da derrota que sofremos na semana passada. Mas o que importa é que o time jogou bem e fez um ótimo segundo set, conseguindo uma virada incrível. O grupo vem bem e está crescendo com a competição", explicou.

A levantadora Carol, do Finasa/Osasco, lamentou os erros da equipe. "Contra um adversário forte como o Rexona não podemos errar desse jeito. No segundo set, chegamos a 18 a 11 e perdemos a parcial. Agora é consertar os erros para enfrentarmos o próximo jogo, declarou a campeã olímpica com a seleção em Pequim.

O Finasa/Osasco começou com Carol, Paula Pequeno, Adenizia, Thaisa, Sassá, Nathália e a líbero Camila, depois Ana Tiemi, Suelle, Silvana, Bárbara e Juliana. Já o Rexona contou com Carol Gattaz, Fabiana, Érika, Dani Lins, Regiane, Joycinha e a libero Fabi, depois Monique, Amanda e Raquel

Fonte: Salonpascup.com.br



- Postado por: carolgattaz.zip.net às 16h32
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Ontem o Rexona-Ades venceu mais uma na Salonpas Cup e continua invicto na competição, batendo o C.D.C. MIRADOR da Republica Dominicana por 3 a 1, e no Domingo ganhando pelo mesmo placar do SCAVOLINI PESARO da Itália dirigido pelo técnico da seleção José Roberto Guimarães. Ontem a Carol foi mais uma vez destaque do Rexona, defendeu varias bolas importantes e foi decisiva nos bloqueios. Hoje elas enfrentam o Finasa/Osasco o jogo mais esperado dessa primeira fase.



- Postado por: carolgattaz.zip.net às 16h48
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




'Vale fazer promessa pela conquista do ouro olímpico em Pequim'

O visual do técnico José Roberto Guimarães causou estranheza para as
atletas da causou estranheza para as atletas da seleção feminina de
vôlei do Brasil. Após a vitória sobre o Japão, na última partida do Grand Prix,
o treinador apareceu com a cabeça raspada, pagando uma promessa pelo título.

Longe de cortar as longas madeixas como seu técnico, a central Carol Gattaz
afirmou, no desembarque da seleção em Guarulhos, que também fez a sua
promessa pelo título. Antes mesmo de partir para o Japão, a atleta brasileira
parou de comer doces, especialmente chocolates. 

–  Fiquei 40 dias sem comer chocolates. Agora já vou voltar a comer,
acabou – diz a central brasileira, aos risos.

Para a conquista do inédito ouro nas Olimpíadas de Pequim,
Carol afirma que pagaria outra promessa. Mas a central adverte que não
chegaria ao ponto de abrir mão dos cabelos longos.

- Para ser campeã olímpica vale tudo. Eu faria outra numa boa,
mas não sei se rasparia o cabelo. Mas vale fazer promessa para
o ouro porque é o sonho de todas nós, e vamos fazer de tudo para
chegar ao título. É um sacrificiozinho em prol de uma coisa boa
 – avisa.

Fonte: http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/                                                                         





- Postado por: carolgattaz.zip.net às 10h05
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________






Rio de Janeiro (RJ) - O Rexona-AdeS contará com mais uma jogadora de seleção brasileira nesta temporada. Carol Gattaz foi contratada pelo time pentacampeão nacional para a temporada 2008/2009. Além da meio-de-rede de 26 anos, a equipe do técnico Bernardinho já renovou com Fabiana, Fabi, Dani Lins, Regiane, Monique, Michelle, Amanda, Fernanda Isis, Luana e Luíza.

“Fiquei muito feliz por voltar ao Brasil em uma equipe de ponta. Recebi também outras propostas, mas a oportunidade de trabalhar com a Comissão Técnica do Rexona-AdeS contribuiu bastante. Estou muito empolgada, pois sei que poderei evoluir”, disse Carol, que defendeu o Monte Schiavo, da Itália, na última temporada.

Com 1m92, Carol começou sua carreira no São Caetano. Teve passagens pelo Rexona-AdeS e pelo Finasa/Osasco antes de jogar na Itália. Nascida em São José do Rio Preto, interior de São Paulo, pela seleção brasileira foi campeã sul-americana Juvenil e vice-campeã mundial Juvenil. Integrou também a seleção Adulta campeã do Grand Prix 2005 e medalha de ouro na Copa dos Campeões de 2005, no Japão.

“A Superliga desta temporada tem tudo para ser a mais equilibrada dos últimos tempos, com vários times de ponta. Teremos de trabalhar muito para mantermos o Rexona-AdeS entre os primeiros colocados”, explicou Carol.

No segundo semestre, o Rexona-AdeS deve disputar a Salonpas Cup, o Campeonato Estadual do Rio de Janeiro, a Copa Brasil e a Superliga Feminina sendo que a equipe foi campeã de todos estes torneios na última temporada.



- Postado por: carolgattaz.zip.net às 19h15
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Olá pessoal desculpa a ausência, então a Carol já está treinando com a Seleção em Saquarema...e ainda não assinou contrato pra próxima temporada, existem uma grande chance dela ir para o Rexona mas por enquanto ainda não tem nada assinado...E o Grand Prix começa dia 20 agora é só esperar pra ver ela jogar ;)



- Postado por: carolgattaz.zip.net às 23h27
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Carol Gattaz: ‘Disputa por vagas é saudável’

Meio diz que briga para representar o Brasil em Pequim não estraga ambiente da seleção
 
Agência
FIVB
Carol Gattaz é uma das opções de  Zé Roberto para a posição de meio

O técnico Zé Roberto Guimarães pré-convocou 14 atletas para o Grand Prix e para as Olimpíadas de Pequim. Destas, duas terão que ser cortadas para o Brasil chegar à lista das 12 jogadoras que representarão as cores nacionais em busca da inédita medalha de ouro. Por isso, é natural que haja uma competição entre as próprias atletas na busca por uma vaga no time.

Uma das jogadoras que brigam para permanecer na equipe é Carol Gattaz. A meio-de-rede revela que a competição existe, mas que é saudável.

- Quem sai ganhando dessa competição interna é a seleção, que sempre vai ter as jogadoras em alto nível. A disputa por vagas é saudável e não perturba o bom ambiente da seleção – afirma a jogadora, por telefone, de São José do Rio Preto.

Por causa da briga por uma vaga na equipe, Carol abdicou de tirar alguns dias de férias, depois de uma temporada desgastante na Itália, onde atuou pelo Jesi.

- Já estou treinando em uma correria doida. Tenho ido à academia e feito pilates. Também estou fazendo os exames que a comissão técnica pediu. Na semana que vem, já volto a bater bola só para não enferrujar.

GLOBOESPORTE.COM
Eu gostaria de voltar ao Brasil, mas vai depender das propostas. Vou aceitar a que for melhor para mim, até porque já estou com quase 27 anos
Carol Gattaz, meio-de-rede do Brasil
GLOBOESPORTE.COM

Caso esteja na lista final de Zé Roberto, a jogadora quer ajudar a acabar de vez com o estigma de “amarelona” que a seleção feminina carrega desde a derrota para a Rússia, nas semifinais das Olimpíadas de Atenas.

- Isso de dizerem que a gente amarela chateia muito. A gente sempre se esforça demais, temos muito mais vitórias que derrotas. Brasileiro não aceita o segundo lugar, mas tem que entender que nem sempre dá para vencer. Existem muitas equipes boas. Talvez está geração seja a mais vitoriosa da história do vôlei feminino brasileiro, mas as pessoas sempre cobram mais. Em Pequim, estaremos preparadas para fazer uma boa campanha.

 Futuro incerto

 

Divulgaçao
Carol Gattaz quando defendia o Osasco

Com o fim do contrato com o Jesi, Carol ainda não sabe qual será seu destino na próxima temporada. Segundo a jogadora, há possibilidades no Brasil e no exterior, mas nada ainda foi definido.

- Eu gostaria de voltar ao Brasil, mas vai depender das propostas. Vou aceitar a que for melhor para mim, até porque já estou com quase 27 anos. Já recebi sondagens de clubes do país, mas também de fora. Vou analisar direitinho antes de tomar a decisão.

De concreto, Carol só tem uma coisa: o clube do coração.

- O Osasco é o time que me lançou para o vôlei, onde eu tive maior visibilidade. É claro que tenho um carinho especial pela equipe.

 Fonte: Globo.com



- Postado por: carolgattaz.zip.net às 09h52
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Carol convocada, já está de volta ao Brasil depois de temporada na Itália.

Confira a lista de convocadas, que possui 14 nomes, em primeira mão:

Levantadoras: Fofão e Carol Albuquerque
Pontas: Paula Pequeno, Jaqueline, Sassá, Mari, Valeskinha
Centrais: Fabiana, Walewska, Thaisa e Carol Gattaz
Opostos:
Sheilla e Joycinha
Líbero: Fabí



- Postado por: carolgattaz.zip.net às 12h57
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Jesi x Novara

Oiee =D

Bom,na quinta-feira passada o jesi derrotou o Novara por 3 sets a 0
no primeiro jogo dos play offs,em casa...
E ontem,no segundo jogo,em Novara,os times ficaram empatados,
com a vitória do Novara,também por 3 sets a 0.
Agora é torcer pro Jesi vencer amanhã o terceiro jogo,na casa do
adversário.
o/º

=)



- Postado por: carolgattaz.zip.net às 14h23
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Campeonato Italiano

Quartas-de-final do Campeonato Italiano começam nesta quarta-feira

A segunda fase do Campeonato Italiano já terá início amanhã, 9, quarta-feira, com a partida entre Kerakoll Sassuolo e Scavolini Pesaro. Os jogos tem continuidade na quinta-feira, 10.

As equipes se enfrentarão em melhor de três partidas, sendo que as mais bem posicionadas começarão atuando fora de casa. O segundo jogo entre os time está marcado para o próximo sábado, 12. Um eventual terceiro encontro será no dia 14 de abril. Confira a programação.

Dia 09/04/2008

Kerakoll Sassuolo vs. Scavolini Pesaro, às 15h30;

Dia 10/04/2008

Tena Santeramo vs. Foppapedretti Bergamo, às 15h30;
Busto Arsizio vs. Despar Perugia, às 15h30;
Monte Schiavo Jesi vs. Asystel Novara, às 16h.

* Todos horários de Brasília.

Fonte: Melhor do Vôlei

Estamos montando no blog uma galeria de fotos da Carol com os fãs, caso queira sua foto na galeria entrar em contanto com Rika ou Sah   ; )



- Postado por: carolgattaz.zip.net às 02h37
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Campeonato Italiano

Oie xD...Gente,notícias sobre o campeonato italiano
Resultado da 22ª rodada

Asystel Novara                                             2                                                   
Scavolini Pesaro                                           3                       
Minetti Infoplus Imola                                 3
Lines Ecocapitanata Altamura                  1

Tena Santeramo                                           3                 
Chieri Volley                                                  1

Unicom Starker Kerakoll Sassuolo            2
Despar Perugia                                             3

Vini Monteschiavo Banca Marche Jesi     3
Volley 2002 Forlì                                          0

YamamaY Busto Arsizio                             0
Foppapedretti Bergamo                             3

Com a vitória do Jesi (\o/º),a equipe subiu para a 5ª colocação
e a classificação geral ficou assim:

Scavolini Pesaro                                             57
Foppapedretti Bergamo                               52
Despar Perugia                                               50
Asystel Novara                                               44
Vini Monteschiavo Banca Marche Jesi       38
YamamaY Busto Arsizio                               35
Tena Santeramo                                             29
Unicom Starker Kerakoll Sassuolo              27
Lines Ecocapitanata Altamura                    21
Minetti Infoplus Imola                                  20
Chieri Volley                                                   19
Volley 2002 Forlì                                             4

O Monte Schiavo começa os playoffs,em casa:nas quartas de final,
irá enfrentar o quarto classificado da temporada regular,Asystel Novara.

O confronto é quinta,dia 10.
As meninas foram postas a trabalhar ontem à tarde no ginásio Cuppari,
depois da vitória sobre Forlì domingo e esta manhã,foram submetidas a
uma sessão de pesos sob a orientação do treinador atlético, Lorenzo
Piestoli.Assim, se aproxima o grande desafio com Novara,
uma equipe que este ano tem se mostrado um osso muito duro para o Jesi.

"Agora esperamos um tipo diferente de jogo, o que não aconteceu na
temporada regular. Estamos crescendo ,nos últimos jogos perdemos
apenas dois pontos.Precisamos da vitória para ir à semifinal."

Estas foram as palavras de Caroline Gattaz,entrevistada pelo site oficial
do Jesi,logo após o treino...

"Há harmonia na equipe, e pensamos as mesmas coisas no momento -
explica a central brasileira - se fizermos o que temos "estudado",
incluindo vídeo e trabalho no ginásio, podemos vencer. O que vai fazer
a diferença? Todos os fundamentos são importantes para um jogo deste
nível. Temos aprendidonos últimos jogos que as pequenas coisas que
fazem uma grande diferença. "

Palavras da Carol

Fonte: http://www.vms-volley.com/



- Postado por: carolgattaz.zip.net às 13h16
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




O time da Carol, Monte Schiavo-jesi,em sexto lugar na tabela,
enfrenta neste domingo o último colocado,Forli

"Este último dia para nós é realmente importante - enfatiza Elisa Togut -
se tudo der certo,ocuparemos o quinto lugar nos quailificamos para
as taças européias, uma meta que nos é merecida."

O Monte Schiavo pôs em evidência uma boa união,acompanhada de
uma grande determinação e espírito combativo, que em poucas outras
ocasiões tinha sido analisada.As meninas foram protagonistas de uma bela
vitória em cima do Perugia nas quartos de final da Copa Itália e de uma
mais longa batalha com Bergamo na semifinal,que perdeu no tie-break,
mas lutou até o fim.
Certamente errar menos é muito importante, mas quando se chega às
decisões todas as vantagens do empate-break ,as diferenças são mínimas, 
estão na pequenas coisas. Percebemos que há hoje um grande equilíbrio.
Existem muitos tie-break, o nível entre os times é semelhante.  No play-off,
os resultados serão de acordo com a atuação, será muito necessário muito
nível físico  e, portanto,também o estado atlético das jogadoras será importante.

O Play Off terá início quinta ,dia 10,em casa para o Jesi, para decidir qual
será o adversário no primeiro turno (que será disputado em melhor de três
"ida e volta") será o último dia do próprio campeonato.

O Monte Schiavo Jesi e o Busto Arsizio estão empatados,mas o Busto
tem uma melhor perfomance no set.Lembrando que o empate na pontuação
são em números de pontos (35), em vitórias (12), e perdas (9) .


As comparações deste último turno da temporada regular, com o Busto
que irá enfrentar o Foppapedretti Bergamo e o Jesi,  confronta o Forlí,
irá sancionar as colocações finais da tabela. O jogo com o do Jesi e Forli
vai enfrentar muita atenção à respeito  para a pontuação final do seu
adversário,o Busto, porque a questão exposta é, se o empate de vitórias
permanecer, será decisiva.

Fonte: http://www.vms-volley.com/news/notizia.asp?id=3370
(Tradução feita por mim...Espero que esteja tudo cer tinho =D)



- Postado por: carolgattaz.zip.net às 16h16
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Profile da Carol no Orkut falando sobre o Blog!



- Postado por: carolgattaz.zip.net às 01h27
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




 



- Postado por: carolgattaz.zip.net às 01h56
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




11ª rodada-Returno do italiano

Classificação
Pt.
V
P
Scavolini Pesaro
55
19
2
Despar Perugia
50
18
4
Foppadretti Bergamo
49
16
5
Asystel Novara
43
15
6
Yamamay Busto Arsizio 
35
12
9
Monteschiavo Jesi
35
12
9
Unicom Sassuolo
27
8
14
Tena Santeramo
26
9
12
Lines Altamura
21
7
14
Famila Chieri
19
5
16
Minetti Imola
17
5
16
Infotel Forlì
4
1
20

Nessa nova rodada do campeonato italiano,que começou dia 31 de Março ,a Vitória foi do Perugia em cima do                               Sassuolo (3-2),e outro jogo que acontece hoje,entre o Pesaro e o Novara,a definir uma nova tabela do campeonato...                               E neste Domingo (dia 06),haverá o confronto entre Monte Schiavo Banca Marche Jesi x Infotel Banca Forlì,                                                no Palazzetto Dello Sport "Ezio Triccoli" ,na cidade de Jesi.E que vença o Jesi! \o/

By Sah



- Postado por: carolgattaz.zip.net às 12h15
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




 

 
Entrevista: Carol Gattaz
 

Por Andressa Caetano Ferreira
    Rafael Bento

Presente no grupo da Seleção Brasileira durante grande parte das competições do ciclo Olímpico de Pequim, a meio-de-rede Carol Gattaz é uma das referências brasileiras quando o assunto é bloqueio. A atacante de São José do Rio Preto se firmou no cenário brasileiro como uma das grandes centrais dessa geração, o que lhe rendeu uma convocação para a Seleção Brasileira.

Após grandes temporadas defendendo o Finasa/Osasco, no qual foi um dos destaques da temporada 2005/2006, conquistando muitos fãs, Carol resolveu ousar e acertar com o time italiano do Monte Schiavo Jesi, em sua primeira temporada no Campeonato Italiano. Após um começou difícil, a central vem fazendo grandes atuações, como no último jogo contra o Busto Arsizio, em que foi nomeada a MVP do jogo, com 17 pontos e 71% de aproveitamento ofensivo.

Nessa matéria, Carol conversa com o Melhor do Vôlei sobre sua temporada na Itália, sobre seleção brasileira e principalmente as dificuldades e aprendizados que o Brasil terá pela frente.

1) Como você avalia a temporada que seu time vem fazendo no Campeonato Italiano?

Depois de um início ruim, nosso time começa a ver o resultado dos trabalhos e treinamentos que nós fizemos juntas. Claro que esperávamos que nosso time estivesse bem melhor do que vinha se apresentando, mas devido a alguns problemas, tanto técnicos como de saúde, demorou um pouco pra entrarmos no ritmo.

2) O Jesi, após passar por um momento ruim, recentemente vem conseguindo ótimos resultados. A que você credita essa crescente do time?

Eu credito ao trabalho que fizemos junto com toda a equipe em janeiro, no qual tivemos tempo pra treinar realmente. Cheguei aqui em novembro com o grupo todo já em outro ritmo e demorei um pouco para me adequar, pois a maneira de jogar e as táticas eram diferentes das que eu estava acostumada.

3) Como você avalia as suas atuações no Campeonato Italiano?

Graças à Deus venho crescendo a cada jogo junto com a equipe. Realmente não é fácil, o campeonato é forte, com todas as equipes praticamente no mesmo nível. Mas aos poucos fui assimilando as coisas e agora estou conseguindo jogar o que realmente sei, ajudando a equipe toda conseguir bons resultados.


4) Chegamos no ano olímpico e, como o Zé Roberto apontou, oito seleções possuem chances reais de chegar ao pódio. Qual seria o diferencial do Brasil diante dessas outras sete?

Nossa equipe vem se preparando com praticamente um grupo fixo desde 2005 e cada uma sabe da responsabilidade que será esse ano. Realmente esse ano todas as equipes estarão completas e a diputa será difícil. Contudo, nosso grupo vem passando por grandes experiências e campeonatos, em que conseguimos grandes resultados nesses 3 anos, no balanço geral. Nosso principal objetivo, sem dúvida, vêm agora, com as Olimpíadas, e o nosso diferencial será os treinamentos, o momento de cada uma, e acima de tudo, sermos uma "equipe" unida e todas se ajudando a toda hora. E tenho certeza de que se todas nós darmos 1000% em cada treino, em cada parte física e em cada jogo, chegaremos bem no campeonato que estivemos nos preparando desde 2005.

 

5) Em um ano em que a concorrência para as 12 jogadoras que irão a Pequim está mais alta do que nunca, você acredita que consiga permanecer no grupo?

Com certeza a disputa esse ano será muito forte, como em todos os anos, e quem estiver melhor irá. Eu acredito muito que irei, porque venho me preparando forte, treinando muito a parte física (com o acompanhamento e o trabalho da seleção e sendo aconselhada pelo Ângelo Vercesi e pelo o Zé Elias) e principalmente jogando em um nível alto, contra algumas jogadoras que estarão nas Olimpíadas. Isso pra mim com certeza está sendo uma grande preparação, e vim pra Italia esse ano justamente por esse motivo: pensei na Seleção e nas Olimpiadas acima de tudo e sabia que aqui jogaria neste alto nível o tempo todo.

 

6)Desde que você chegou ao Jesi, você pode apontar alguma evolução em você, seja tática, técnica ou psicológica?

Eu acredito que na questão psicológica eu cresci porque há muitos problemas que tive que resolver e passar por cima, sem a ajuda de ninguém. Estar fora,longe da família e dos amigos, já é uma grande prova de superação. Já na quesão tática, aprendi que cada técnico tem sua tática e que temos que nos adaptar a cada uma delas e se ajustar o mais rápido possível para jogarmos bem. E por fim, na parte técnica, estou conseguindo o que sempre quis: ser uma jogadora regular, que procura ajudar em todos os fundamentos que possuímos durante a partida, desde o levantamento a uma bola recuperada e até atacar bolas pela frente, que não eram minha especialidade e que agora também estou conseguindo fazer bem. Enfim, errar o menor possível, que é o que o Zé Roberto sempre enfatiza nos treinamentos.

 

Fonte: Melhor do Vôlei  

 

 



- Postado por: carolgattaz.zip.net às 12h31
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________